Notícias Semana do Livro e da Leitura reúne público de todas as idades - 20/04/2018

Uma semana para ninguém esquecer, onde letras de poesias, músicas e leituras literárias, especialmente as do universo infantil, encheram de vida praças, escolas, ruas e esquinas em vários pontos do município de Parnamirim. 

Ainda não acabou, mas já é possível fazer esse balanço da Semana Municipal do Livro e da Leitura (SMLL), que será encerrada hoje, sexta-feira (20) com mais ações de incentivo à leitura nas escolas e um encontro dos alunos dos 9º anos das escolas municipais de ensino público com o escritor Carlos Fialho, às 14h, no Cine Teatro Municipal Vereador Paulo Barbosa da Silva.

"Os gestores escolares, mediadores de leitura, todo corpo técnico e pedagógico da Educação em Parnamirim, sem esquecer dos profissionais do projeto "Parnamirim, um rio que flui para o mar da leitura" estão de parabéns por presentear o município com essas ações de incentivo à leitura", disse Ana Lúcia Maciel, Secretária Municipal de Educação e Cultura.

Nessa semana tão singular, instituída oficialmente neste ano no calendário cultural de Parnamirim por meio da lei municipal 1.870, de janeiro de 2018, a leitura invadiu e modificou os espaços para além das bibliotecas escolares. 

 

PÚBLICO INFANTIL

Os alunos da Educação Infantil tiveram atenção especial na SMLL. "É emocionante ver as crianças interagindo com fantasia e imaginação despertadas pela literatura, sonhando com um mundo melhor, possível somente pela Educação", disse a gestora escolar Íris Karine, da Escola Municipal Presidente Arthur da Costa e Silva, localizada no bairro Centro.

Para o público infantil, houve contato com diversos autores de obras literárias infantis, dia de leitura no colo com apoio de voluntários, distribuição de livros na Maternidade do Divino Amor e na escola, encenações, contação de histórias, cordel em música, inauguração de biblioteca escolar e praça literária, e muito mais.

 

PÚBLICO ADOLESCENTE

Este público, formado por alunos do Ensino Fundamental II, do 5º ao 9º Ano, também participou de várias ações desenvolvidas nas escolas durante a SMLL. Caminhadas e danças literárias, pitstops literários em várias instituições pela cidade e hoje, sexta-feira (20), um momento especial será a conversa com o escritor Carlos Fialho, no Cine Teatro, a partir das 14h.

"É um desafio formar o leitor adolescente porque os livros concorrem com outras formas de entretenimento, aliadas à tecnologia e à Internet. Mas, os professores mediadores de leitura têm feito um trabalho valoroso neste sentido e temos visto o despertar deste público para a leitura literária", disse Angélica Vitalino, técnica do Rio de Leitura.

 

PÚBLICO ADULTO

Dona Socorro Batista, 58 anos, aluna do nível IV da Educação de Jovens e Adultos da Escola Municipal Manoel Machado, em Emaús, conheceu na SMLL, um dos maiores ícones da literatura potiguar: o cordelista, xilógrafo e compositor Antônio Francisco, que tem sua figura associada ao lendário Patativa do Assaré, no universo literário.

A cada verso recitado, dona Socorro repetia: "É desse jeito!", com o ar da experiência de quem já sentiu passar o tempo.  
Enquanto o homem que tem sua obra reverenciada nas universidades nacionais e traduzida em outras línguas falava, a aluna permanecia fascinada com a história deste que entrou na escola tardiamente e iniciou a composição de versos aos 46 anos.

O poeta sertanejo, por diversas vezes, reiterou, para o público presente a importância da leitura. 


Por toda a cidade, em padarias, supermercados, postos de gasolina, sinais de trânsito, mercado, escolas e hospitais, cidadãos em idade adulta e na terceira idade, no nosso município, foram impactados por ações positivas da SMLL.

As fotos e depoimentos captados ao longo do evento mostram que adultos se emocionaram, refletiram, foram incentivados à leitura e repensaram sobre o valor da Educação e da leitura.

 

MERGULHANDO VINTE MIL LÉGUAS LITERÁRIAS

Na última quarta-feira (18), Dia Nacional do Livro Infantil, as portas do Parque Aluízio Alves, na Cohabinal, foram abertos para a comunidade escolar, recebendo alunos de 45 escolas públicas e dos Centros Infantis, para um mergulho por vinte mil léguas literárias.

Toda essa experiência - bem sucedida - de incentivo ao prazer em ler, ficou bem nítida durante as ações energicamente conduzidas pelos alunos e professores neste ciclo memorável de conhecimento e protagonismo social, que a Prefeitura de Parnamirim oficializou como evento cultural, em nome da Educação e da leitura.

"Esse trabalho valoroso de incentivo à leitura para além das bibliotecas escolares é realizado há anos por educadores em nosso município. Temos o Rio de Leitura fluindo como um projeto transformador, que nos enche de esperança e desafios", disse Ana Lúcia, titular da SEMEC.

"O incentivo à formação de uma cidade de leitores é um trabalho que passa muitas vezes silencioso ou desapercebido, mas que é feito com paixão e dedicação e tem impactado ambientes escolares, familiares e sociais, positivamente. Por isso, vale a pena sempre lembrar sua relevância", reforça Ana Lúcia Maciel, Secretária da SEMEC.

"A leitura é transformadora, gera compromisso, afeto, promove o protagonismo social, muda o homem e muda o mundo. A Prefeitura, por meio da SEMEC, caminhará lado a lado com os protagonistas desta história, para levar essa bandeira para as próximas gerações", encerra a Secretária de Educação, Ana Lúcia Maciel.

 

 

 

Colaboração: Parnamirim, um rio que flui para o mar da leitura


Postado Por: Aldo Peixoto Junior
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+